acreditar no amor
Michelle Branquinho

Michelle Branquinho

10 razões para voltar a acreditar no amor

Desilusões amorosas, corações partidos ou até mesmo a experiência de um relacionamento abusivo — são alguns dos motivos que podem levar alguém a desacreditar no amor. Talvez, você até reconheça que ele existe, mas sempre em outras casas, com outras pessoas. Mas, é difícil acreditar que um dia encontrará o par ideal para você. Tudo parece só dar certo em filmes e histórias inventadas e ao ouvir a história feliz de alguém, mentalmente você se pergunta se aquilo realmente se trata da verdade nua e crua. “Devem estar apenas escondendo a realidade”.

Assim, na tentativa de se proteger e de evitar criar falsas expectativas, pode parecer mais fácil simplesmente se contentar com a ideia de que não irá funcionar. Todos serão sempre iguais, então não vale a pena insistir, certo? Errado! Esse é exatamente o tema deste artigo e agora, quero explicar mais sobre as 10 razões que acredito serem suficientes para você voltar a enxergar o amor com outros olhos, porque acredite — ainda há amor digno de receber a sua esperança!

10 razões para voltar a acreditar no amor:

  1. Aprender a considerar necessidades e sonhos além dos seus – Quando se ama alguém, também aprendemos a lidar com desejos e prioridades que antes não estavam previstas. Por mais desafiador que seja, o lado sacrificial do amor também ensina e nos torna pessoas mais maleáveis e adaptáveis às mudanças de rota.
  1. Sensação de proteção e confiança – Esse ponto pode ser difícil de acreditar para aqueles que já vivenciaram relacionamentos de abuso, manipulação ou chantagem emocional, mas o amor saudável oferece uma sensação plena de confiança e de suporte, o que torna a relação mais íntima e duradoura. Abrir-se para novos relacionamentos é também um convite para um porto seguro.
  1. O desejo genuíno de estar próximo a alguém – Poucas coisas são mais prazerosas do que ter um lugar para voltar com uma pessoa que ama a sua espera. A noção do tempo muda quando se está ao lado desse alguém e até mesmo os simples momentos se tornam significativos pelo fato de estarem juntos.
  1. Oportunidade de crescer e amadurecer juntos – Nenhum relacionamento está imune a desafios e dificuldades, assim como é inevitável a necessidade de lidar com conflitos e com a frustração de quando as coisas não saem conforme o planejado. Atravessar esses processos estando envolvido em um relacionamento amoroso, fornece a possibilidade de ambos passarem juntos por essas transformações. As mudanças serão refletidas na vida individual de cada um, mas também no próprio relacionamento e no modo como percebem um ao outro.
  1. Histórias de amores duradouros e saudáveis – No fundo, você sabe que elas não estão nos filmes e nos livros que preenchem as suas prateleiras. Por mais que a sensação de que histórias reais de amores saudáveis e, sobretudo, duradouras estejam mais raras de se ver, elas ainda estão por aí. Você irá precisar desejar olhar para esses exemplos mais do que olha para as histórias ruins. Isso não significa negar a realidade ou “sonhar acordada”, mas se comprometer com a ideia de que o amor verdadeiro existe — e que é uma imagem que vale a pena ser perseguida.
  1. Receber amor torna a vida mais leve – A realidade pode ser dura e implacável na quantidade de problemas, tragédias e limitações. O amor é justamente um dos ingredientes que torna a vida uma paisagem mais leve a ser assistida. O carinho, a confiança e a disponibilidade em se fazer presente para alguém, concedem um sentido diferente à sua rotina, que agora não gira apenas ao redor de suas tarefas.
  1. Espaço para trabalhar seus próprios pontos fracos – Poucas coisas são mais poderosas do que relacionamentos para trabalhar as suas próprias limitações e para levá-lo a enxergar aquilo que precisa ser mudado em si mesmo. Quando se está com alguém, pensamentos egoístas nunca geram avanços. Assim como as suas próprias habilidades de comunicação também irão precisar ser “lapidadas”.
  1. Amor vai além de relacionamento conjugal – Você certamente é amada por alguém, o que envolve a sua família, seus amigos e outras pessoas importantes em sua história. O amor é um sentimento que cria vínculos poderosos e que leva a ações e mudanças que muitas vezes, não se explicam de modo racional. O amor existe, isso é um fato. Pode ser manifestado de formas diferentes por “linguagens” distintas (aliás, leia meu artigo sobre as 5 linguagens do amor), mas ele é 100% real.
  1. Pessoas diferentes, histórias diferentes – A comparação — seja com histórias de outras pessoas ou com as suas próprias experiências — a comparação é um dos principais motivadores para enfraquecer a sua crença no amor. Talvez, nunca tenha dado certo para um familiar querido. Você já está cansada e até assustada com as histórias que ouve de amigos próximos, portanto, afasta a ideia de vivenciar algo tão doloroso. Com toda a certeza eu posso afirmar que histórias de outros não possuem o poder inevitável de ditar aquilo que você irá experimentar por conta própria — a não ser que você permita!

Do mesmo modo que não é saudável fantasiar a ideia de um amor perfeito com base naquilo que assistimos e lemos, também não faz sentido deturpar a compreensão particular do que é o amor com base em histórias ruins.

  1. Amar também é liberdade! – Existem pessoas espalhadas por aí que defendem com unhas e dentes a ideia de que amar é estar em prisões. Outros ainda defendem que cada vez que você doa de si a outro, pedaços vão sendo perdidos, mas isso não é verdade. Um amor saudável e equilibrado abre espaço para você ser livre para se expressar, crescer e aprender a descobrir as suas melhores versões. Amar não é dependência, muito menos estar presos às correntes. No entanto, é escolher ficar. Permanecer aprendendo, mesmo diante de tantos desafios. Tudo isso porque vale a pena, principalmente quando a alma não é pequena, já diria Fernando Pessoa.

Espero que esse artigo tenha te ajudado a perceber lados do amor que há tempos, você não estava tão disposto a enxergar! Para continuar lendo mais conteúdos sobre relacionamentos amorosos, autoconhecimento e desenvolvimento pessoal, espero você na minha página do Instagram, no perfil @psimichellebranquinho.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Fale conosco pelo Whatsapp