Michelle Branquinho

Michelle Branquinho

O medo não serve pra educar!

Hoje estava na piscina com minha filha e meu marido. Enquanto meu marido brincava com
minha filha, fiquei observando a interação das crianças e as atitudes de seus pais e
familiares. Em um momento vi um pai dizendo ao filho: “Para com isso, senão vou chamar
o moço pra tirar seu sangue.” (Provavelmente essa criança tenha medo de agulhas e
exames). Vi uma mãe falar para outra criança: cuidado, se não obedecer vou te deixar
sozinho e você não vai mais ver o papai e a mamãe ( provavelmente essa criança tenha
medo de perder os pais). Vi uma avó dizer ao neto: a vovó não ama mais você, porque
você fez feiúra (castigar com sentimentos é covardia…) Enfim, em mais ou menos 1 hora
observei 08 tentativas de correção usando o medo…
Queridos pais: MEDO NÃO SERVE PARA EDUCAR!
O medo tem suas importâncias e eficácias, Educar não é uma delas. Educar em meio ao
medo é anular o critério da criança, é não dar a oportunidade a criança para que seja ela
mesma, que sinta a necessidade de fazer as coisas, e, portanto, de serem responsáveis.
Educar através do medo é anular a personalidade das crianças e as tornar incapazes de
tomar decisões por elas mesmas. O medo não diz a criança o que se espera dela e
também não traz confiança e segurança na família, algo imprescindível para o
desenvolvimento infantil. O medo anula a comunicação entre pais e filhos, que é o único
caminho para uma educação saudável

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email