brigas sobre finanças
Michelle Branquinho

Michelle Branquinho

3 dicas para evitar brigas sobre finanças

Dinheiro é sempre um tópico sensível entre você e o seu parceiro? Falar sobre quanto ganha, quanto gasta e até mesmo dividir as contas tem sido algo estressante em seu relacionamento? Talvez isso seja um indicador de que vocês estejam tendo, ou que possam vir a ter, problemas nas finanças, o que reflete na qualidade e tranquilidade da vida a dois.

Neste artigo, quero abordar o quão prejudicial a falta de manejo financeiro pode ser para o seu relacionamento. O meu objetivo é te mostrar o porquê existem tantos problemas nessa área e dar algumas dicas certeiras que poderão ajudar o casal a aproveitar o que um relacionamento saudável pode oferecer. Vamos lá?

“Por que brigamos por conta de dinheiro?”

A vida a dois deve ser sinônimo de união. Por isso, sabemos que acertar nas finanças pessoais, por si só, já é um grande desafio, imagine fazer isso como casal? Quando um casal decide “juntar os panos”, existem algumas perguntas e temas que são importantes de serem levados em consideração, as finanças não devem faltar nessa lista de tópicos. Falar sobre elas pode ajudar a diminuir conflitos ou evitar que problemas maiores ocorram com o tempo.

Há um conceito bastante enraizado em nossa sociedade, o de que o homem deve ser o provedor do lar. No entanto, os tempos são outros e vivemos em um mundo moderno, onde a mulher ganha até mesmo o dobro que o homem, e isso, muitas vezes, pode gerar desconforto e sensação de inutilidade no parceiro. Acredite: isso pode acontecer!

Não somente isso, mas também disparidades nos hábitos de consumo do casal podem levar a desentendimentos entre os dois. Segundo uma pesquisa realizada pelo SPC/SERASA, cerca de 37,5% das brigas são por conta da forma com que o casal gasta o dinheiro, e 31,5% seriam as brigas pela falta do dinheiro propriamente dito.

Visto que é um problema que atinge a grande maioria dos casais da atualidade, listei abaixo alguns pontos que podem vir a suscitar discussões entre o casal. Acompanhe comigo!

  • Falta de planejamento financeiro –O dinheiro não dura até o final do mês, pois você faz muitas dívidas. Isso é tudo culpa sua! ”. Frases como esta, ou com a mesma força acusatória é frequente quando o casal não tem um planejamento financeiro. O resultado disso nós já sabemos: brigas, desentendimentos e alfinetadas no dia-a-dia.
  • Infidelidade financeira – É quando um cônjuge esconde informações financeiras do outro. Como por exemplo, uma compra no cartão de crédito ou até utilizar a reserva de emergência para comprar algo de interesse próprio. Esconder pode parecer uma boa ideia, na intenção de evitar brigas, mas convenhamos que com isso vem também uma quebra de confiança na relação com o parceiro.
  • Diferença de ganhos – Como falado acima, a diferença de ganhos pode vir a suscitar divergências pelo fato de em muitas das vezes, não haver um planejamento baseado nos recursos que o casal tem em mãos.

Agora que vimos um dos principais motivos para as brigas em relação à vida financeira do casal, gostaria de trabalhar com você dicas que irão evitar as temidas desavenças sobre esse tema. Vamos lá?

3 dicas para evitar brigas sobre finanças:

  1. Planejar juntos – Como dito acima, a falta de planejamento financeiro é um grande causador de brigas na relação, logo o certo a se fazer é planejar as finanças do casal. Como fazer isso? Um planejamento requer esforço e dedicação, principalmente quando há mais alguém envolvido. Dediquem tempo para separar o quanto ganham, o quanto
    gastam no mês, lembrando sempre de que a opinião, gostos e objetivos dos dois devem ser levados em consideração.
  2. Lazer – Essa dica está diretamente relacionada à primeira, que é dedicar uma parte do dinheiro ao lazer. Temos que concordar que além de pagar as contas, é muito bom aproveitar o dinheiro que ganhamos, e melhor ainda se for ao lado de quem amamos. Além disso, o lazer servirá para aproximá-los ainda mais!
  3. Diálogo – A última e mais importante dica: dialogue com o seu parceiro. Fale abertamente sobre as questões financeiras que afligem a relação de vocês, pois, sem isso, como saberão por onde e como começar a resolver os problemas? Sempre costumo dizer que o diálogo abre portas. Por isso, questione e escute o que seu parceiro tem a falar sobre a vida financeira como casal, pois é sempre importante ouvir os dois lados.

Uma dica bônus que dou a você é: procure ajuda profissional. Independente de estar passando por brigas sobre a situação financeira, é sempre bom se abrir para alguém que não irá lhe julgar e irá te direcionar a um caminho mais assertivo. E essa é exatamente a minha especialidade!

Gostou deste conteúdo? Me mande sua opinião no meu perfil no Instagram (@psimichellebranquinho), vou adorar tirar as suas dúvidas e ouvir a sua história com seu parceiro (a), além de poder te ajudar a resolver as brigas sobre finanças.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Fale conosco pelo Whatsapp