estresse
Michelle Branquinho

Michelle Branquinho

5 conselhos para diminuir o estresse

Como a vida da maioria das pessoas é corrida, não é mesmo? Uma agenda cheia de compromissos e imprevistos cercam a nossa rotina e, muitas vezes, constatamos que não temos o controle de tudo e de todos, o que é uma fonte comum de estresse, nervosismo e irritação.

De acordo com o dicionário da Língua Portuguesa, estresse é definido como: “Exaustão física ou emocional, geralmente causada em razão de algum sofrimento, doença, cansaço, pressão, trauma, sendo definida pela incapacidade de desenvolver suas funções ou trabalhos habituais”. Em outras palavras, o estresse pode se manifestar por uma variedade de razões, desde situações mais graves e atípicas, até as que incluem detalhes do cotidiano, quem nunca se viu estressado diante de um grande engarrafamento ou em uma fila de mercado, por exemplo?

Os sintomas mais comuns incluem dor de cabeça, desordens do sono, dificuldade de concentração, temperamento explosivo, estômago perturbado, insatisfação no trabalho, moral baixa, depressão e ansiedade. Efeitos que podem acontecer de forma rápida ou prolongada. No entanto, tanto o estresse de curto prazo, quanto o de longo, estão relacionados às respostas e efeitos sobre o corpo, afinal, o nosso corpo responde a essa lista de estímulos negativos.

Entre os efeitos trazidos pela pandemia estão os altos níveis de estresse, associados com o aumento de casos de ansiedade, depressão e Síndrome do pânico. Entre as causas podem ser citadas as bruscas mudanças na rotina, o acúmulo de incertezas e, sem dúvidas, o isolamento social. Passamos a estar cercados quase que 24 horas por notícias ruins, além do aumento do número de casos de desemprego, instabilidade financeira e acúmulo de obrigações.

O fato é que manter a calma e o controle diante desse cenário, não é uma tarefa fácil. Porém, é importante encontrar formas de aliviar o estresse. Isso é possível! Por mais difícil que possa ser, o primeiro passo é entender que a sua saúde depende disso. Existem algumas medidas que você pode acrescentar ao seu dia-a-dia para evitar o estresse contínuo, que defino como os 5 conselhos para você ter uma vida mais leve. Vamos lá?

  • Adquira um hobby – Ter um hobby é o mesmo que ter um momento único para você. Se dedicar a uma atividade agradável conduz a um estado mental menos dominado pelo estresse e ansiedade. Algo simples como fazer exercícios, ler um livro ou qualquer outro tipo de atividade que desperte seu interesse e que consiga fazer a sua mente se distanciar dos problemas. Momentos totalmente focalizados no descanso costumam ser eficientes e aliados na regulação dos níveis de estresse e ansiedade.
  • Tenha pensamentos positivos – Somos invadidos por pensamentos negativos em situações de estresse, mas é importante fazermos um exercício para afastá-los, trazendo à mente pensamentos positivos e de esperança. Quanto mais fixados estamos em pensamentos pessimistas e negativistas, maior será a dificuldade de encontrarmos soluções inovadoras para os problemas. Por isso, tente olhar as situações da sua vida que normalmente trariam estresse de forma diferente, sabendo que elas não podem exercer controle sobre você e a maneira como você enxerga o mundo. ⠀
  • Você não vai mudar as pessoas – Não podemos mudar o outro e muito menos tomar decisões no lugar de outras pessoas. Por isso, aceite que existem coisas que estão fora da sua capacidade de alterá-las, já que não dependem exclusivamente de você. Lidarmos com nossas próprias escolhas já é uma grande responsabilidade, portanto, não permita que suas emoções sejam controladas pelo padrão de escolhas de outra pessoa. Por mais que seja difícil quebrar um ciclo, essa é uma decisão que você precisa tomar.
  • Durma bem – Nossa qualidade de vida depende de uma série de fatores que precisam atuar em conjunto para garantirem saúde física, mental e emocional, um destes fatores é o sono. O corpo pode ter uma influência sobre suas emoções maior do que você imagina. Você sabia que até mesmo a saúde do seu intestino pode afetar as suas emoções? Portanto, procure dormir bem, pois uma noite bem dormida desempenha total diferença no seu dia-a-dia, afetando a sua disposição, concentração e portanto, é um dos aliados no combate ao estresse persistente. Que tal colocar o celular para dormir cedo hoje?
  • Peça ajuda – O estresse contínuo bloqueia nossa capacidade de enxergarmos as coisas como elas realmente são e de encontrar as soluções possíveis para os problemas. Quando não conseguimos romper com um ciclo permanente de sofrimento, é recomendável pedir a orientação de pessoas mais experientes. O aconselhamento externo, incluindo o atendimento psicológico, é o caminho para entender as raízes do problema e conceder ferramentas para um tratamento efetivo. Não se sinta impotente ou menos capaz, reconhecer a necessidade de ajuda é um sinal de força e de autocuidado.

Como psicóloga será um prazer te ajudar nessa jornada! Você verá que é possível não ser dominado pelo estresse, ainda que você precise enfrentar situações desafiadoras. O atendimento terapêutico é um aliado para uma vida emocionalmente saudável. Conheça mais do meu trabalho no meu Instagram @psimichellebranquinho. Será um prazer te ouvir e oferecer ajuda.

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Fale conosco pelo Whatsapp