comunicacao
Michelle Branquinho

Michelle Branquinho

Como ter uma boa comunicação em um relacionamento?

A boa comunicação no relacionamento pode ser considerada um dos elementos essenciais para se desenvolver uma relação saudável e duradoura. Por isso, a minha pergunta para você que está lendo este artigo é autorreflexiva: como está a comunicação entre você e seu parceiro (a)?

Neste artigo além de abordarmos o seu conceito, entenderemos a sua importância no relacionamento conjugal e irei apresentar algumas dicas de atitudes práticas que juntas, poderão fazer toda a diferença. Vamos lá?

Em primeiro lugar precisamos entender a definição de comunicação. De acordo com o dicionário da Língua Portuguesa, comunicar é: “ação de transmitir uma mensagem e, eventualmente, receber outra mensagem como resposta”.  Ela deriva do termo latino “communicare”, que significa “partilhar, participar algo, tornar comum”. Essas palavras te lembram alguma coisa no relacionamento? Sim! Quando nos casamos, a vida passa a ser em comum, partilhada e compartilhada, certo?

É por meio da comunicação que os seres humanos partilham diferentes informações entre si, o que explica o fato de ser vista como uma atividade essencial para a vida em sociedade.

Ainda assim, muitos casais não levam a comunicação diária tão a sério, o resultado é o desgaste ao longo do tempo, que pode ser explicado quando afirmações básicas, como a afirmação do amor um pelo outro, por exemplo, não são observadas na vida a dois.

Precisamos estar atentos, porque nem sempre somos entendidos como gostaríamos e nem sempre entendemos como o outro gostaria de ser entendido. Quando um casal não cuida da qualidade da comunicação, com o passar do tempo, a tendência é haver cada vez menos entendimento e como resultado, grandes níveis de frustração.

Reflita: como você se comunica com o seu parceiro (a)? Você se sente entendido? Você sente que o outro te entende? Talvez, responder estas perguntas juntos possa ser um início de uma comunicação saudável que pode ser realizada através da comunicação verbal e não-verbal.

Vamos entender esses dois tipos de comunicação:

A comunicação verbal é aquela expressada através de palavras no dia-a-dia. Um desafio é o caso de pessoas que não verbalizam o que estão sentindo, chegando a não conseguirem dizer que amam os seus parceiros, o que gera problemas para o outro lado, que se vê sem compreender exatamente o que o outro quer ou sente. As consequências? A construção de um relacionamento inseguro e instável.

Já a comunicação não verbal compreende a linguagem corporal, ou seja, o que a sua face ou corpo está dizendo ao outro sobre determinado assunto. Muitos casais pecam nesse aspecto e acabam se desentendo por coisas pequenas. Acredite: o nosso corpo comunica muito mais do que imaginamos. Uma cara feia, uma sobrancelha franzida, um revirar de olhos, são a prova de que os nossos atos físicos também comunicam o que se passa no lado “de dentro”.

Agora que você já sabe o que caracteriza as diferentes formas de comunicação, já pode ler as dicas que te ajudarão a melhorar a maneira pela qual você escolhe traduzir seus sentimentos, intenções e desejos para o seu parceiro! Vamos a lista de 5 conselhos:

  • Aprenda a ouvir o seu parceiro (a) – a boa comunicação começa pela boa audição. Ouvir o que o outro pensa, o que ele sente, como foi o seu dia e outras detalhes cotidianos, são eficientes para desenvolver a boa comunicação e com isso, proporcionar excelentes momentos junto do seu amado (a). Além disso, aprender a ouvir o outro ajuda a desenvolver a empatia e a compreensão, que são essenciais para a boa convivência.
  • Fique atento a sua linguagem corporal e ao seu tom de voz – há muitas maneiras de dizer algo para alguém, por isso não deixe as emoções, o seu tom de voz e o seu corpo comunicar ofensas que muitas vezes, poderão soar de forma agressiva. Muitas vezes, sem perceber, temos atitudes que evidenciam o quanto estamos insatisfeitos com uma situação sem ao menos abrirmos a boca. Por isso, fique atento a sua linguagem não verbal, pois ela pode estar expressando algo que você não deseja.
  • Comunique-se de forma clara e sincera – a comunicação entre um casal deve ser realizada de forma honesta, transparente e sincera. Não é interessante guardar os seus sentimentos para que o outro “adivinhe” o que você quer. Por isso, falar de maneira clara e sincera sempre é uma excelente opção na hora de se comunicar com seu companheiro. Dessa forma, ele ou ela saberá exatamente o que fazer e como fazer, pois você sabe como construir diálogos verdadeiros.
  • Tenha e exija respeito na comunicação – é notório o fato de casais que aprendem a resolver os problemas juntos e baseados no respeito serem mais felizes, afinal, essa  é a base para um relacionamento duradouro e saudável. Relações onde há desrespeito e xingamentos por exemplo, definitivamente estarão fadados ao fracasso. Tenha e exija respeito do seu companheiro (a).
  • Busque ajuda com a terapia de casal – ao invés de esperar que as coisas piorem, busque ajuda e converse com alguém que saberá avaliar suas emoções.Nós, como psicólogos, sabemos reconhecer os padrões da comunicação de um casal que estão tendo problemas, e com isso podemos ajudar a mudar hábitos ruins, além de fornecer estratégias e instrumentos para explorar os problemas.

 

Essas são algumas dicas que podem te ajudar a ter uma melhor comunicação em seu relacionamento. Gostou deste artigo? Para saber mais sobre esse e outros assuntos, acesse o meu Instagram @psimichellebranquinho e confira mais conteúdos relevantes!

COMPARTILHE

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email
Fale conosco pelo Whatsapp